top of page
  • Foto do escritorJoão Felipe Sousa

Investimentos internacionais: As armadilhas escondidas que todo bom investidor já cometeu!

Investir no exterior vem se tornando uma excelente forma para diversificar os investimentos financeiros. Sendo de fundamental importância estar ciente dos principais erros que praticamente todo bom e qualquer investidor já cometeu ou ainda vai cometer. Alguns desses erros estão listados a seguir:


· Falta de planejamento financeiro;

· Falta de conhecimento sobre o mercado financeiro;

· Falta de diversificação da carteira de investimentos;

· Tomada de decisões baseadas em emoções;

· Investimentos em ativos de risco sem a devida análise;

· Ignorar as mudanças políticas e econômicas que afetam o mercado internacional.


Você conhece mais algum erro?



Vamos agora, retomar ponto a ponto com possíveis soluções:


1 - Falta de planejamento financeiro:


Problema que pode afetar negativamente a vida de qualquer pessoa, independentemente do seu nível de experiência no mercado financeiro. Sem a presença de um planejamento financeiro adequado, torna-se fácil perder o controle sobre as finanças pessoais, gerando em possíveis erros graves na hora de escolher onde investir.


Comentando um pouco sobre a nossa vida pessoal, a falta de um bom planejamento financeiro pode terminar em endividamento excessivo. Quando as nossas contas não estão organizadas e as nossas despesas superam a receita, é fácil recorrer a empréstimos ou cartões de crédito para cobrir os gastos, tenha cuidado, fique sempre alerta e faça o possível para não entrar nessa bola de neve do endividamento!


A falta de um bom planejamento pode levar a decisões de investimento equivocadas. Sem uma estratégia clara e pré-definida, será fácil cair em armadilhas do mercado!


Como por exemplo, investir em ativos de alto risco ou de baixa liquidez, sem considerar o impacto dessas escolhas no resto da sua carteira de investimentos. Pense em tudo que possa sofrer alterações.


Leve em consideração todos os aspectos de sua vida financeira, partindo das receitas, passando pelas despesas até chegar nos objetivos a longo prazo.


Considere criar um orçamento, estabelecendo metas financeiras com a inclusão de uma reserva de emergência para poder aguentar futuros imprevistos.


2 - Falta de conhecimento sobre o mercado financeiro:


Torna-se grave problema iniciando na falta de análise do próprio perfil do investidor, partindo para a falta de análise dos riscos, falta de conhecimento de todas as taxas existentes ( taxa de administração, por exemplo), escolha equivocada dos ativos, entre outros erros comuns que a maioria dos investidores cometem ao longo de sua vida.

Evite as armadilhas que existem no mercado financeiro, buscando sempre conhecimento especializado, seja ele através de estudos sobre finanças, aplicações de técnicas de investimentos, análise atualizado do mercado e atualização das notícias econômicas que afetam o mundo financeiro.


Procure a orientação do seu Assessor de Investimentos, ele é um profissional especializado para compreender e identificar as melhores oportunidades de investimentos sempre obedecendo o perfil do investidor no qual presta assessoria financeira.


Lembre-se que investir envolve riscos e nem sempre se pode obter lucros imediatos!


É preciso ter paciência e disciplina para seguir o planejamento financeiro a longo prazo, acostume com as oscilações do mercado, evite a tomada decisões por impulso, mantenha-se dentro de uma estratégia consistente e alinhada com os seus objetivos financeiros.


3 - Falta de diversificação da carteira de investimentos:


Pode parecer brincadeira, mas não é!


A falta de diversificação é o erro mais comum encontrado no mercado financeiro, do iniciante ao investidor experiente.


Acontece quando o investidor concentra a maior parte dos seus investimentos em uma única empresa, setor ou tipo de ativo financeiro, esquecendo de levar em consideração o balanceamento de sua carteira de investimento para poder deixar a mesma bem diversificada.


A falta da diversificação pode acarretar em graves consequências financeiras, uma vez que, aconteça algum evento negativo no mercado financeiro que afete diretamente a empresa ou o setor no qual o investidor colocou sua maior fatia de sua carteira, as perdas podem ser significativas e sem solução.


Para evitar possíveis problemas é importante que o investidor diversifique a sua carteira de investimento, distribuindo-o em diferentes tipos de ativos, como ações de empresas em diferentes setores, fundos de investimento imobiliário (FIIs), títulos públicos e privados, moedas estrangeiras, entre outros.


A diversificação possibilita que o investidor aproveite boas oportunidades de investimento em diferentes mercados, aumentando suas chances de ter uma rentabilidade maior a longo prazo.


Por isso, é importante que o investidor tenha uma estratégia bem definida, estabeleça metas para alocação de ativos, sem deixar de revisar periodicamente seus investimentos, garantindo sempre uma carteira saudável e balanceada.


4 - Tomada de decisões baseadas em emoções:


Essas emoções são armadilhas baseadas no medo, ganância, esperança e impaciência que terminam influenciando nas decisões de alguns investidores podendo terminar em grandes perdas financeiras.


A falta de objetividade pode dominar o investidor impossibilitando de

realizar de forma detalhada a análise de informações financeiras de forma

racional e objetiva.


Falta de disciplina, investidores que tomam decisões baseadas em emoções muitas vezes não possuem uma estratégia clara em mente. Eles entram e saem do mercado com base em suas emoções e esquecem de seguir uma estratégia de investimento já comprovado e testado.


Uma solução é a busca por orientação de um assessor de investimentos, profissional experiente que tem como missão ajudar o investidor a tomar decisões financeiras objetivas, baseando-se em uma análise cuidadosa do mercado em conjunto com uma estratégia sólida de investimento.



5 - Investimentos em ativos de risco sem a devida análise:


Investir em ativos de risco pode trazer grandes oportunidades de rentabilidade, mas é preciso muito cuidado!


Muitos investidores são dominados pelas emoções ou informações superficiais e acabam investindo em ativos sem fazer uma análise criteriosa do mercado financeiro, o que é extremamente perigoso, investimentos realizados sem a devida análise, podem levar a grandes perdas financeiras.


Um dos maiores riscos de investir nesses tipos de ativos sem a devida análise é a falta de conhecimento. Muitos investidores iniciantes ou mesmo experientes, por vezes, acabam investindo em ativos que desconhecem, devido a falta de informação ou pelo simples fato de acreditar em informações duvidosas.


Além disso, o mercado financeiro é muito volátil e a qualquer momento pode afetar o valor dos ativos.


Para realizar uma análise criteriosa do mercado financeiro é fundamental conhecer bem o ativo em que se pretende investir, analisar sua performance no mercado, conhecer as tendências do setor e avaliar os riscos envolvidos.


6 - Ignorar as mudanças políticas e econômicas que afetam o mercado internacional:


As mudanças políticas e econômicas podem afetar o mercado internacional de várias maneiras. Por exemplo, a política fiscal de um país pode afetar as taxas de juros e a inflação, afetando os preços das ações e títulos.


Além disso, eventos políticos, como eleições ou conflitos entre países, podem gerar incertezas e diminuir a confiança dos investidores.


Ignorar essas mudanças pode levar a consequências graves para a sua carteira de investimentos. Caso, o investidor ignore o aumento das taxas de juros em um certo país, quem sabe termine investindo em títulos com baixas taxas de juros e perca oportunidades com outros investimentos mais rentáveis.


Da mesma forma, se um investidor ignorar a instabilidade política em um certo país, o mesmo termine investindo em empresas que serão afetadas negativamente pela instabilidade econômica.


Sempre permaneça atento às mudanças políticas e econômicas que afetam o mercado internacional. Isso inclui estar atualizado com as notícias, ler relatórios econômicos e analisar o impacto das mudanças em sua carteira de investimentos.


Lembre-se também de buscar sempre o auxílio de um profissional especializado no mercado financeiro, como um assessor de investimentos.


Esse profissional pode orientá-lo sobre as melhores opções de investimento de acordo com o seu perfil e objetivos financeiros, além de ajudá-lo a evitar armadilhas do mercado financeiro.


Investir é um processo importante e deve ser feito com cautela e análise criteriosa. Espero ter ajudado e desejo bons investimentos!


Forte Abraço!

João Felipe



Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page